21 novembro 2007

Todas as novidades sobre o Lisboa-Dakar 2008

Lisboa vai ser local de partida também em 2009.
O anúncio foi feito, esta quarta-feira, pela Lagos Sport, parceiro português da ASO, entidade responsável pela organização da prova, na conferência de imprensa de apresentação da edição de 2008 do Lisboa-Dakar.

Com as três edições inicialmente contratualizadas a chegar ao fim, a Lagos Sport garantiu, desta forma, mais uma partida da capital portuguesa, que, só na última edição, garantiu, segundo números da ASO, um retorno de cerca de 16 milhões de euros a Lisboa.

Tal como aconteceu em anos anteriores, a Lagos Sport volta a contar, em 2009, com o apoio do Governo.

Entretanto, para a edição já de 2008, a organização anunciou uma outra novidade: o trajecto da primeira etapa, que ligará a capital portuguesa à cidade algarvia de Portimão, será totalmente novo.

Segundo foi anunciado no Centro Cultural de Belém, a etapa inaugural do próximo Lisboa-Dakar vai decorrer em terrenos do campo de tiro de Alcochete e da Companhia de Lezírias, num traçado que nada tem a ver com o da edição de 2007.

Quanto à segunda etapa e última a ser disputada em solo português, voltará a ter lugar no Algarve, em redor de Portimão.


Podem conhecer aqui, via you tube, uma primeira aproximação ao mapa da edição 2008 do Lisboa-Dakar



O Rali Lisboa-Dakar de 2008 vai passar por cinco países: além de Portugal, a maior prova todo-o-terreno do Mundo vai desfilar por Espanha, Marrocos, Mauritânia e Senegal. No total, cerca de seis mil quilómetros e 600 veículos.
A prova, a 30.ª do seu historial, foi apresentada esta quarta-feira em Belém. O Rali Lisboa-Dakar começa no dia 5 de Janeiro e termina 15 dias depois, no dia 20.

No total serão 15 etapas, das quais 5.736 quilómetros cronometados (no entanto serão percorridos 9.273 km). O dia de descanso está agendado para o dia 13, em Nuakchott, capital da Mauritânia.

Uma das novidades é a chegada ser na capital senegalesa, na rota entre Saint Louis e Dakar, percurso que não era percorrido desde 1999.
Até ao momento há 245 motos, 20 quads, 205 carros e 100 camiões inscritos. Pode consultar a lista de inscritos aqui
.

As verificações administrativas, técnicas e documentais decorrerão entre os dias 2 e 4 de Janeiro, como habitualmente no Centro Cultural de Belém, tal como podem confirmar pelo quadro infra.



Primeira etapa será em Samora Correia

O jornal O Mirante adianta ainda o seguinte quanto à primeira etapa:

A primeira etapa do Rali Lisboa Dakar 2008, a realizar no dia 5 de Janeiro de 2008 vai ter duas classificativas especiais na freguesia de Samora Correia (Benavente) e haverá zonas de espectáculo em Braço de Prata, Arneiro Pereiro, Catapereiro e no Campo de Tiro de Alcochete.

A confirmação foi avançada pelo presidente da Câmara Municipal de Benavente que anunciou um investimento máximo de 30 mil euros por parte do município para garantir a passagem do maior rali do mundo pelo seu concelho.

Em Samora Correia, os pilotos das motos, carros, jipes e camiões vão percorrer cerca de 50 quilómetros em terra batida num ambiente de charneca onde abunda o montado de sobro. A Câmara de Benavente já está a contratar as máquinas que irão reparar os caminhos na propriedade da Companhia das Lezírias e do Ministério da Defesa em função das exigências da organização.


Para os menos familiarizados com o linguajar da prova aqui fica também um útil léxico:

Etapa - A prova consiste em ligar duas cidades. Compreende uma especial e um ou dois trajectos de ligação, dependendo dos dias.

Especial - Igualmente chamada de sector cronometrado. É uma parte da etapa, efectuada ou não com pistas definidas, na qual os concorrentes são cronometrados entre dois locais. O tempo efectuado neste percurso serve para estabelecer a classificação.

Ligação - É a parte da prova, geralmente percorrida em estrada, usada ou para ligar o início da etapa ao início da especial, ou o fim desta até ao acampamento. Não é cronometrada, mas existe um tempo limite imposto aos concorrentes para a percorrem.

Bivouac - Ponto de encontro dos concorrentes ou da assistência, da organização, da imprensa, etc. Está sempre localizado num aeroporto, mesmo que improvisado.

A navegação - Contrariamente ao WRC, onde os itinerários estão sinalizados ou balizados, a modalidade do rali-raid obriga os concorrentes a orientarem-se para encontrar os diferentes CPs e CHs. Os pilotos recebem um road-book, que lhes é entregue à chegada no dia anterior, em cada bivouac.

Road-book - É o documento que contém as indicações de direcção, percurso a ser seguido, perigos a evitar e distâncias a percorrer. Os concorrentes podem “reajustar” o road-book graças ao trip master.

GPS - Reduzido à função de bússola, pode ser desbloqueado (com penalização), isto é, revelar informações adicionais de orientação, caso um concorrente esteja perdido. Serve igualmente como “informador” sobre a velocidade dos concorrentes nas etapas.

Iritrack - Sistema de transmissão de dados via satélite, um equipamento obrigatório em todos os veículos. Permite ao concorrente comunicar com a direcção de prova em caso de perigo e à organização saber a posição exacta dos concorrentes em tempo real.

Controlo de Passagem (CP) - São pontos de passagem obrigatória para os concorrentes, estando dispostos ao longo da especial. Aqui os pilotos confirmam ter estado no local através de um carimbo no seu cartão de controlo.

Controlos horários (CH) - Estão colocados nas partidas e nas chegadas das ligações e especiais.

Classificações

Scratch - É a classificação estabelecida a partir do tempo bruto realizado por cada concorrente na especial

Etapa - É a classificação estabelecida após o cálculo das eventuais penalizações decididas pelos comissários de prova, de acordo com o regulamento

Geral - É a classificação estabelecida após a soma dos tempos de cada etapa disputada

Partidas - Todos os dias, as motos, depois os automóveis e por fim os camiões partem pela ordem da classificação Scratch do dia anterior. Mas esta regra tem algumas excepções.


Fonte: DD, AutoHoje e sitio oficial

1 comentário:

aqua disse...

olá, gostava de saber os locais exactos onde se pode ver a passagem dos concorrentes, para me decidir qual o ponto com + interesse.

Obrigado
Boa sorte para todos os concorrentes em especial para os tugas