11 dezembro 2006

Team Bianchi Prata apresenta equipa para a competição

No passado sábado o TEAM Bianchi Prata competições VODAFONE / CIN, em conjunto com a Discoteca ACT e o restaurante ACT.com, apresentou a sua equipa para o Lisboa Dakar 2007, a locução foi feita por David Seguro, perante uma assistência de mais de 1000 pessoas.

"É um projecto bastante arrojado, uma estrutura grande e com muita logística, mas estou convencido que vamos atingir os nosso objectivos, ainda não temos os patrocinadores todos fechados, falta um patrocínio, mas no dia 2 de Janeiro onde vamos fazer uma acção em Lisboa, para os patrocinadores e jornalistas, vamos revelar o novo patrocinador, a grande aposta deste Dakar é o Hélder Rodrigues, que sem duvida é um piloto fora de série, e que para este ano está muito melhor preparado...." comentou Bianchi Prata .

A equipa, com sede em Vila Nova de Gaia, conta com a seguinte estrutura:

Meios técnicos:
3 YAMAHA WR 450 F DAKAR (preparadas pela Bianchi Prata competições em conjunto com a YAMAHA Portugal)
2 ISUZU RODEO (para assistência rápida)
1 camião 6X6 (para transporte de todo o material)

Meios humanos:
3 pilotos
1 team manager
1 relações publicas
3 jornalistas
3 mecânicos
1 motorista

Para o bom funcionamento de toda esta estrutura, tudo está pensado ao mais alto nível, como resumiu o Piloto e Chefe de equipa Bianchi Prata: "Cada piloto conta com um mecânico independente, temos um team maneger para tratar tudo relacionado com a organização e para ajudar os pilotos em tudo que seja extra moto, um relações publicas que vai conduzir todas as acções que temos com os patrocinadores ao longo da prova, 3 jornalistas que irão fotografar e recolher informações sobre a nossa participação, 1 motorista para guiar o camião 6X6 que irá transportar toda a parte de peças e ferramentas, 1 ISUZU RODEO para transporte dos mecânicos para chegarem aos acampamentos o mais rápido possível, 1 ISUZU RODEO para transporte dos Jornalistas. Temos tudo bem pensado e organizado e espero conseguir com uma equipa privada, levar o nome dos nossos patrocinadores ao mais alto nível e fazer história no Lisboa-Dakar 2007".


fonte: infodesporto.pt

17 comentários:

Anónimo disse...

Palmeirinha disputa prova de 2007 pela BMW


São Paulo (SP) - Em 2007, o piloto Paulo Nobre pela segunda vez na carreira o mais tradicional do planeta. Ao lado do navegador português Filipe Palmeiro, Palmeirinha encara o rali Lisboa-Dacar, no qual terá um grato apoio: a dupla integrará a estrutura da BMW, que dará suporte à equipe New Dimension X-Raid.
Depois da participação discreta de 2006, quando abandonou ao lado de Dico Teixeira ainda no quarto dia de competição, o advogado e empresário paulista deu a volta por cima e passou a disputar o Campeonato Mundial de Rali Cross Country. Além de ganhar experiência, acabou recebendo um BMW X5CC para o Lisboa-Dacar.

“Saí da prova tão cedo neste ano, que acredito que farei uma ‘nova estréia’ na edição 2007”, brinca Palmeirinha, que integrou a equipe da BMW na quarta etapa do Mundial, no Marrocos. Em tom de brincadeira, o piloto explica como aconteceu a aproximação com a fabricante alemã.

“Foi amor à primeira vista com os carros da BMW preparados pela New Dimension X-Raid. Durante o Dakar de 2006, eu ficava observando os BMW largarem e sonhando com a possibilidade de um dia pilotar uma máquina daquelas. Numa brincadeira com um amigo meu, falei para ele tentar arrumar o contato da equipe. Ele levou a sério, fez o contato e arrumou um treino. Ai, deu no que deu”, diz.

A prova começa em 6 de janeiro, e o brasileiro garante que seu objetivo era sempre vencer, embora admita que a inexperiência possa pesar. “Se conseguir chegar a Dacar ficarei satisfeito. Se terminar entre os 30 primeiros ficarei contente, entre os 20 muito contente e entre os dez terá o mesmo sabor que sente o Stephane Peterhansell ao vencer a prova”, garante, citando o francês que venceu oito vezes consecutivas a disputa.

Além da dupla Paulo Nobre/Filipe Palmeiro, a New Dimension X-Raid terá mais quatro carros, sendo dois X3CC e dois X5CC. O maior destaque fica com a dupla formada por Jutta Kleinschmidt e Kristina Thörner, sendo que a primeira já faturou o rali em quatro ocasiões.
DA-LHE GÁS

Anónimo disse...

ATA promove rali Lisboa-Dakar em Espanha
A Associação Turismo do Algarve (ATA) vai realizar no próximo dia 14, no Museu das Carruagens, em Sevilha, uma acção de divulgação do Rali Euromilhões Lisboa –Dakar. O objectivo é convidar os turistas espanhóis a prolongarem a sua estada no Algarve, depois da Passagem de Ano.
Esta acção promocional, que vai contar com a presença de representantes da ATA e da equipa SPEDakar (Rúben Faria, Ricardo Pina e Nuno Mateus) decorre no âmbito do contrato de patrocínio entre a Região de Turismo do Algarve (RTA), a ATA e a Algarve SPEDakar Team, e prevê a promoção externa da região algarvia através dos próprios pilotos. O Algarve tem um destaque especial nos suportes promocionais da equipa, numa campanha onde o slogan “A fundo até Dakar!” pretende transmitir o objectivo mais ambicioso dos pilotos.
A ATA está também a dezemvolver uma campanha de comunicação multimeios em França, na Andaluzia e na Galiza, com inserções na imprensa escrita, revistas de automobilismo e publicidade online. Durante o mês de Janeiro, o canal televisivo Eurosport emitirá um spot sobre a temática do turismo activo no Algarve, e nos sites francês e espanhol do mesmo canal, serão colocados banners e vídeos com o objectivo de promover a região.
Recorde-se que Espanha é um mercado de aposta para o destino Algarve, com mais de 550 mil dormidas de Janeiro a Setembro deste ano. Durante o mesmo período, o número de hóspedes superou os 177 mil, o que significa que, em média, os turistas espanhóis permaneceram três noites na região algarvia.

DA-LHE GÁS

Anónimo disse...

Adélio Machado revela o seu projecto para o Dakar 2007
O famalicense será piloto oficial da Toyota França e irá conduzir um Land Cruiser.
Adélio Machado já desvendou o seu projecto para o Euromilhões Lisboa-Dakar de 2007. A Padock Competições, uma estrutura criada pelo próprio piloto, foi publicamente apresentada em Vila Nova de Famalicão, contando com outros elementos experientes, como Arnaldo Marques e António Rodrigues.
O famalicense continua a deter o estatuto de piloto oficial da Toyota França e irá conduzir o Land Cruiser número 341, estando inscrito no agrupamento T2, onde é considerado um dos favoritos aos primeiros lugares nesta categoria.
O piloto e empresário minhoto irá ser acompanhado nesta aventura pelo navegador Jean-Louis Dronne. Este francês tem um currículo invejável, pois é o organizador das 24 Horas de Paris, para além de já contabilizar quatro participações no Dakar.
Confiança é uma palavra que não falta no dicionário de Adélio Machado. «Fazer sempre melhor é o meu objectivo. Conto com uma equipa experiente e bem estruturada. A Toyota França dá garantias de sucesso e é um excelente apoio», referiu o nortenho, que foi terceiro melhor português na categoria de automóveis, na edição do ano transacto.
DA-LHE GÁS

Anónimo disse...

Dakar: Red Line Off Road Team foi apresentado
A cerimónia de apresentação decorreu nas instalações da Xanauto, concessionário Mitsubishi.
O Red Line Off Road Team apresentou oficialmente a sua equipa para o Lisboa-Dakar 2007 na tarde de quarta-feira. A cerimónia decorreu nas instalações da Xanauto, concessionário Mitsubishi.
Tal como o Autohoje Online já tinha noticiado, a estrutura desta formação vai envolver 21 pessoas, 8 carros e 3 camiões. Esta equipa pode também ser considerada uma autêntica «Sociedade das Nações», pois a comitiva integra vários portugueses, o piloto brasileiro Riamburgo Ximenes e a tunisina Abla Lassoued.
A cerca de vinte dias da partida para a «Grande Aventura Africana», o líder desta formação, Francisco Inocêncio, já definiu as metas a alcançar. «Desportivamente, o meu grande objectivo é atingir Dakar. O resultado, que também é importante, depois se verá», referiu um dos dois irmãos Inocêncio presentes nesta prova.

DA-LHE GÁS

Anónimo disse...

Ir ao Dakar como se está nos negócios
"Enfrentar o Dakar com espírito de persistência e tenacidade, tal como se está nos negócios, em Portugal" é a expressão com que o empresário-piloto Mário Ferreira melhor define a participação de qualquer dos elementos da equipa, no Lisboa-Dakar 2007. E que sintetiza, ainda, de forma paradigmática: "É uma grande transposição de obstáculos!".

A equipa formada por Mário Ferreira e José Carlos Sousa, inscrita pela Moletto Sport na Toyota France, é o exemplo do espírito inicial do Dakar, em que mais do que chegar na frente, há, sobretudo, que resistir, chegar ao fim. Os dois, rookies em matéria de competição automóvel, vão fazer o seu baptismo no nível mais elevado do todo o terreno mundial.

Primeiro astronauta português
Desafios que não são alheios a Mário Ferreira, já que, além de possuir o brevet de helicópteros, ele será o primeiro astronauta português, no final de 2008.

Pioneiro do turismo fluvial em Portugal, primeiro com a empresa Ferreira & Rayford e depois, com a Douro Azul, aposta, já, no turismo espacial, sendo um dos 100 Fundadores do projecto Virgin Galactic, lançado por Richard Branson, patrão da Virgin.

Mediante o pagamento de 200 mil dólares, a inscrição está garantida para uma das cinco naves espaciais já em construção que, certamente, nos primeiros tempos se limitarão a oferecer às respectivas tripulações a mais próxima e bela observação do planeta azul, a partir da galáxia.

Como pondera Mário Ferreira: "Acredito que, no futuro, os meus netos possam optar entre passar a lua-de-mel na Terra ou na Lua."

Voltando à Terra e aos desertos, às dunas, à savana e ao fêche-fêche de África, Mário Ferreira e José Carlos Sousa dispõem de um fiável Toyota Land Cruiser, inscrito na Categoria T2, bem preparado e assistido pela Toyota France. Em comum aos dois projectos, a atitude pioneira. O espírito de aventura. O superar os obstáculos mais difíceis, como meta.

Preparação técnica e física
Além disso, para Mário Ferreira, navegar é preciso. Seja de helicóptero, de barco ou em terra, aliar a experiência à de José Carlos Sousa em passeios TT de moto, garante, certamente, uma boa prestação em terras de África.

Para complementar as suas aptidões, a equipa tem tido formação com alguns pilotos e navegadores amigos, com destaque para os conselheiros Luís Costa e Paulo Marques, quer no âmbito técnico, quer psicológico. "Abordar dunas, sair de buracos, desatascar e… não ter medo" é essencial para quem vai ter pela frente um total de 8696 quilómetros para mostrar o que vale.

Para tanto, o treino físico é essencial. Os elementos da equipa não descuram a "preparação para aumentar a resistência e fortificar os músculos do pescoço para aguentar o capacete, durante tantas horas e dias seguidos."

Mário Ferreira está, entretanto, a fazer fisioterapia e exercícios condicionados para recuperar de uma rotura de ligamentos do pé esquerdo.

Já em contagem descendente, há ainda alguns obstáculos a eliminar, antes que surja atransposição dos grandes obstáculos, de 6 a 21 de Janeiro próximo, por terras africanas.

Currículo de Mário Ferreira:
- Natural de Matosinhos; 1968.
- Empresário nos sectores de Turismo, Hotelaria, Imobiliário e Fotografia, entre outros.
- Vai estrear-se na competição em todo o terreno, no Lisboa-Dakar 2007.
- Não se considera um piloto de competição. Prefere definir-se como um empresário com espírito de aventura, que pretende enfrentar o Dakar com o mesmo espírito de persistência e tenacidade com que está nos negócios, em Portugal.
- O mesmo espírito com que integra o núcleo dos 100 Fundadores do projecto Virgin Galactic, que o levará a uma viagem turística pelo espaço extra terrestre, no final de 2008.

DA-LHE GÁS

Anónimo disse...

Lisboa-Dacar: Segunda etapa à volta de Portimão e sem camiões

A segunda etapa do Lisboa-Dacar 2007 será uma especial de 60 quilómetros cronometrados nos arredores de Portimão. Pela primeira vez na história da competição, será uma tirada que não contará com a participação dos camiões.

Segundo o presidente da João Lagos Sport, esta será «uma especial com pistas tipicamente nacionais», ou seja, num piso algarvio acompanhado pela serra, o que torna a etapa numa classificativa do campeonato de ralis.

O Lisboa/Dakar terá a primeira etapa no Alentejo, com uma extensão de 120 quilómetros, e na segunda, pela primeira vez na história da mítica prova, não haverá participação dos camiões.

De acordo com João lagos, a especial disputada em serra, com zonas muito estreitas e com ravinas, desaconselha a passagem dos «monstros».

Apesar da pista estar preparada e possuir condições para a passagem dos camiões, a eventualidade de acontecer um incidente como no ano passado (capotamento de um pesado) poderia bloquear a passagem dos restantes concorrentes, o que poderia traduzir-se num atraso no embarque para o continente africano.

«A organização optou por não incluir esta classe nesta especial, privilegiando motos e carros e garantindo que as etapas africanas tenham início no horário estabelecido», explicou João Lagos.

Para a organização, a segurança dos participantes e do público é essencial, tendo sido destacados cerca de 600 efectivos da GNR, 250 elementos da PSP e 50 agentes da Polícia Marítima.

A segunda etapa organizada pela João Lagos Sport tem a participação conjunta da Câmara de Portimão e da Região de Turismo do Algarve, entidades que contribuem com cerca de um milhão de euros para receber a prova.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Portimão, Manuel da Luz, trata-se de um investimento significativo, mas que terá repercussões no turismo e o reforço da marca Portimão como destino estratégico de férias.

A prova rainha de todo-o-terreno terá início no dia 05 de Janeiro, estando prevista a chegada a Dakar para dia 21.

João Lagos, o impulsionador da prova em Portugal, anunciou ainda, mas sem querer revelar grandes pormenores, que em 2008, ano em que a prova assinala os 30 anos de existência, assistir-se-á a uma edição que marcará a posição de Portugal em relação ao evento.

DA-LHE GÁS

Anónimo disse...

O guia para assistir às etapas Portuguesas do Lisboa-Dakar 2007

Para ajudar todos os que queiram assistir às etapas Portuguesas e particularmente ás Zonas Espectaculo, deixamos aqui um Guia detalhado para o acesso aos melhores locais das etapas Portuguesas do Lisboa-Dakar. Na galeria de fotos, os mapas para maior ajuda.


Etapa 1 - Lisboa-Portimão (06-01-2007)


Zona Espectáculo 1 - Muda/Grândola


Esta é a primeira Zona Espectáculo do Euromilhões Lisboa-Dakar e está preparada para acolher muito público. Na parte inicial os concorrentes descrevem um traçado em «U» em piso arenoso e com muita condução, alternando entre zonas lentas e mais rápidas até entrar numa recta ladeada por árvores, acabando com uma curva acentuada à esquerda.


Acessos: Situa-se na Vila de Muda, com os principais acessos a serem os nós da A2 em Grândola.


Zona Espectáculo 2 - Sobreiras Altas


Esta é uma zona de montado, com muitos sobreiros ao longo da pista. A ZE apresenta-se mais lenta no seu início, terminando mais rápida, já com pisos arenosos.


Acessos: Os nós da A2 de Grândola voltam a ser a principal referência, bem como a EN 261.


Zona Espectáculo 3 - Brejo do Lobo


Esta Zona Espectáculo é constituída por duas partes. A primeira, em Pinheiro da Cruz, é um anfiteatro natural de grande beleza com uma pista sinuosa na qual os pilotos evoluem até um gancho à direita que dá entrada numa recta com mais de 500 metros de visibilidade para o público. A segunda parte, que atravessa Brejo do Lobo, é menos ondulada e permite uma excelente visualização.


Acessos: Depois de sair da A2 em Grândola, seguir a direcção Melides. Virar à direita para a EN 261 até Pinheiro da Cruz.


Zona Espectáculo 4 - Brejos de Cima/Alcácer do Sal


Trata-se de um gancho ao qual os concorrentes chegam devagar, partido depois para uma longa e muito rápida recta, com uma excelente área de observação. Existe ainda uma segunda área destinada ao público a norte da Lagoa das Freiras, com piso todo ele em areia por entre pinhal, muito ondulado, que promete grande espectáculo por parte dos pilotos.


Acessos: Depois de seguir em direcção a Melides, cortar na EN 261 rumo a Brejos de Cima.


Etapa 2 - Portimão-Portimão (07-01-2007)


Zona Espectáculo 1 - Sítio dos Guenos/Portimão


Esta é uma zona com uma pista que pode ser considerada como uma especial WRC. Muito rápida sai do asfalto para terra e na sua conclusão volta a entrar à direita de novo para asfalto. O público pode escolher entre Sítio dos Guenos ou Casas Velhas.


Acessos: A partir do nó de Alvor na A22 optar na N532 por Sr.ª do Verde ou Casas Velhas.


Zona Espectáculo 2 - Arriqueta/Monchique


Estamos na Serra Algarvia. Igualmente com duas zonas, na primeira há uma curva larga mas fechada que permite bons momentos de condução, com o público a poder ficar dos dois lados da pista. A segunda zona trata-se de uma zona a subir com um anfiteatro natural, cujo acesso se faz em exclusivo por terra.


Acessos: Seguir as indicações com muita atenção depois de deixar a N267 (Portela da Nave) pois os acessos fazem-se por caminhos rurais.


Zona Espectáculo 3 - Pardieiro/Monchique


Continuamos na serra e com pista rápida na qual os concorrentes para além do estradão típico da zona vão cruzar asfalto. O desenho da etapa confere à Zona de Espectáculo um «U» invertido, com o público a poder ficar no interior ou nos metros que antecedem a primeira curva à direita.


Acessos: Por Alferce, Fornalha, S. Marcos da Serra ou o Caminho Municipal 1077.



Zona Espectáculo 4 - Portimão


A última Zona Espectáculo em solo português tem mais a norte uma descida para um gancho em piso duro. A parte final da ZE afasta-se das zonas naturais e foi "fabricada" com o objectivo de proporcionar a evolução dos pilotos perto do público.


Acessos: Acesso exclusivo através de autocarros gratuitos colocados em vários parques de estacionamento da cidade de Portimão.

DA-LHE GÁS

Anónimo disse...

Team 4x4 Rodas também vai ao Dakar
O piloto Luís Ferreira vai participar na importante prova com um Land Rover Defender 110 td5.
O Team 4x4 Rodas vai voltar a participar no Euromilhões Lisboa-Dakar. Na edição de 2007, esta equipa estará representada pelo piloto Luís Ferreira, o qual terá Pedro Sereno como navegador.
Tal como sucedeu em 2006, esta formação irá utilizar um Land Rover Defender 110 td5, que foi preparado por Hugo Filipe, na sua oficina em Tomar. Este elemento será também o mecânico de serviço durante a prova.
A participação desta equipa no maior evento de Todo-o-Terreno do mundo só foi possível devido ao apoio dos seus patrocinadores, a Ibertal e a Transmad.

DA-LHE GAS

Anónimo disse...

João Nazareth será o primeiro piloto a arrancar para o Lisboa Dakar
com Avilajet - Informação
Com o Numero 264, O piloto da formação R2D Yamaha Quad Team, João Nazareth será o primeiro piloto a arrancar para o Lisboa Dakar 2007, no dia 6 de Janeiro, pelas 6h30m.


João Nazareth e Antonio Ventura, formam a única equipa Portuguesa que vai participar no Dakar em moto4 (quad) e que está neste momento a ultimar os preparativos para esta grande maratona.


Enquanto Antonio Ventura e João Nazareth estão na fase final da preparação física nos ginásios "Holmes Place", Pedro Machado da "PaMoto" e Alexandre Oliveira ultimam os preparativos nos quads Yamaha Raptor 700R.


Sob a coordenação de Pedro Machado, a Masac pela mão da Drenaline, fabricou o depósito de combustível, os nerf-bars racing com caixas de transporte de material, o banco específico para o deserto e restante material de protecção do quad. Os pneus a utilizar serão os Kenda.

DA-LHE GAS

Anónimo disse...

Yamaha Raptor 700R looks sweet as. I have seen alot of these on the road and have always wondered how much quad bike insurance would set me back. but my local councils have been clamping down on off road activities by building fences around popular dirt tracks so I'm not sure how much use I would have for a quad bike in my area.

Anónimo disse...

lookin for outdoor bar, and also stools as well as outside furniture.
Also visit my web page www.iamsport.org

Anónimo disse...

Een leuk stukje opschrijven over dieet is zeker niet zo
gemakkelijk maar het moet gezegd worden dat het u heel goed is
geslaagd, proficiat!
my page - webspawner.com

Anónimo disse...

How important is it that a diabetic consume on time?
Here is my page :: free diabetic cookbooks by mail

Anónimo disse...

I need to purchase a sweater dress and I asked a question on yahoo answer if
it continues to be in fashion. Many have replied yes,
but some recomedn that I purchase leggings with the dress
as well as other folks have mentioned opaque tights and I don't understand just what the difference is, primarily b/c I crossdress and am a small knew the different terms that apply to womens clothing.
Also visit my page ; wet look leather leggings

Anónimo disse...

Where can I buy a greeting home banner? My spouse is coming home from
deployment:)?
Here is my website ; vinyl banners atlanta

Anónimo disse...

Can we recommend some snacks and desserts that don't have too a lot fat in a serving and also that are available to pickup and eat from grocery shops without having having to a great deal of cooking/preparation please? . . That was a extended sentence..
Visit my web site :: www.migente.com

Anónimo disse...

De naamgeving "Team Bianchi Prata apresenta equipa para a competi�o" is zonder twijfel passend uitgekozen
voor dit kader hartjes kleurplaten.nl. Ik moet zeggen dat ik uw post voorts ook
gemakkelijk heb doorgewerkt
Stop by my web-site : paarden kleurplaten