10 janeiro 2006

A noite mais longa...

Às 22h de ontem, muitos concorrentes faltam à chamada: apenas chegaram 45 das 132 motos, 16 dos 114 carros, e 2 dos 52 camiões, que tinham partido para a etapa. Entre os concorrentes em falta está Ronn Bailey que foi localizado fora do percurso da especial, a 30 km da estrada de asfalto que vai para Kiffa.

Carlos Sainz: Ao comando quando passou no CP3, o espanhol teve problemas mais à frente: “O motor fazia um barulho muito esquisito, e preferi parar. Mas estava a 15 km da linha de chegada! Tive que esperar e fui rebocado pelo Race Touareg de Stéphane Henrard. São assim, as corridas…Agora, se conseguir acabar e se ganhar mais uma etapa, já terá valido a pena.”

De madrugada, 0h00 – Balanço médico.
O ambiente está sombrio na tenda da assistência médica: “não foi um dia duro mas sim um dia feio”, explica um dos membros do serviço, que pensa num concorrente que ficou parado no deserto com um traumatismo craniano. Por outro lado, Isidre Esteve Pujol, que sofreu uma tremenda queda na véspera, foi levado para o hospital de Nouakchott, onde foi operado devido a uma ruptura do baço e um traumatismo craniano. Isidre Esteve entrou na sala de operações às 21h00 e saiu às 23h00. A intervenção cirúrgica correu bem.


Fonte: www.dakar.com

1 comentário:

Anónimo disse...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! » »